gototopgototop

Powered by JoomlaGadgets

PROJETO 5.3.2

AÇÕES SOLIDÁRIAS – ASSISTIR – CUIDAR


Objetivo específico

Ser presença de Jesus, Bom Samaritano, junto aos enfermos e aos que sofrem nas comunidades, nas famílias e nas instituições de saúde.

O QUE

- ajudar os enfermos, familiares e todos os que os assistem a descobrir o verdadeiro sentido da dimensão celebrativa e sacramental da fé, especialmente com os sacramentos da Penitência, da Eucaristia e da Unção dos Enfermos;

-  dar atenção pastoral aos enfermos nas instituições e nas casas, respeitando a liberdade de consciência e as diferentes crenças religiosas, atentando para a humanização da assistência aos mesmos;

- celebrar com esmero especial as datas significativas relacionadas ao mundo da saúde: Dia Mundial do Enfermo, da Saúde, dia do Médico, da Enfermagem e festas dos santos da caridade: São Camilo, São Vicente de Paulo; meio Ambiente, São Francisco de Assis;

- anunciar a Boa Nova da salvação a partir das realidades da saúde e da doença, da vida e da morte;

- realizar o trabalho pastoral sempre em  nome da Igreja e da Comunidade para que o enfermo tenha consciência de que a comunidade está unida a ele, também no sofrimento.


COMO

- promover e desenvolver a formação e capacitação permanente dos agentes da Pastoral da Saúde nos aspectos humano, ético e cristão;

- conduzir o processo de “conversão pessoal e pastoral” caminhando de:

uma pastoral do sacramento para a evangelização: criando espaços de afirmação da vida- levar a Eucaristia aos enfermos, anunciar a Palavra, celebrar, auxiliando o enfermo a realizar a alegre experiência do encontro com Jesus;

uma pastoral da visita para acompanhamento fraterno: estabelecendo um encontro de pessoa a pessoa com os que sofrem, com solicitude, delicadeza e generosidade, a exemplo de Maria – assumir compromisso de visitas regulares (agentes) e elaborar um cronograma de visitas sistemáticas (pároco) aos enfermos (Sacramento da Penitência e Unção dos Enfermos);

-  nas visitas aos enfermos, valorizá-los enquanto pessoas e cidadãos, encaminhando-os para ajuda oficial no Bairro e/ou Cidade, quando necessário;

- realizar celebrações especiais, em Maio e Outubro, com os enfermos e familiares;

- articular com Vicentinos/Semente Esperança/Reciclar para atendimento a necessidades detectadas nas famílias ligadas a estes serviços;

- os agentes da Pastoral da Saúde (atuais e novos) que darão assistência espiritual aos enfermos, deverão ser investidos para o Ministério dos Enfermos e, para isto, receberão preparação específica e mandato, conforme normas da Arquidiocese;

- estar em sintonia com a Comissão Arquidiocesana da Pastoral da Saúde.


QUEM:


- Pastoral da Saúde – atualmente constituída.


COM QUE:


- Recursos humanos, materiais e financeiros – de acordo com plano de trabalho


ONDE:


- Igreja- espaços da Paróquia – residências – clínicas – instituições de saúde.


QUANDO:


- imediatamente, após reelaboração do plano de trabalho.


RESPONSÁVEL PELO PROJETO

voltar